A coxinha e os produtos brasileiros estão atravessando o oceano Atlântico e fazendo sucesso no Líbano pelas mãos do casal Michel Hattouni e Eni Matias Damas. Ele é libanês e ela brasileira, de São Paulo. Eles são os fundadores da Cozinha Dona da Casa, já conhecida por delivery de salgadinhos, assim como os produtos tão apreciados no Brasil, e que fazem falta na mesa dos brasileiros no Líbano. Os carros-chefes são: coxinha, pão de queijo, pastel, rissole, empadinhas, quibe, bolinho de bacalhau e pão de batata. Refrigerante de guaraná também está no cardápio, mas eles também são bem conhecidos por cozinhar pratos da culinária brasileira como a feijoada, bacalhoada, bobó de camarão e outros. O empresário diz que a maioria dos ingredientes são comprados no Brasil, e alguns aqui no Líbano, mas que precisou adaptar algumas receitas.

IMG_2159

 

Os produtos são vendidos prontos para o consumo ou congelados, direto para o consumidor final e para empresas. A Cozinha Dona da Casa está caindo no gosto dos libaneses também. “Eles valorizam o produto fresco”, declara.

 

Negócio começou sem planejamento

Michel e Eni se conheceram em São Paulo. Michel foi ao Brasil ainda jovem em busca de trabalho em 1986, e lá os dois se conheceram e logo se casaram, formando uma linda família. No Líbano, desde 1994 para rever parentes, Michel Hattouni diz que o negócio começou por acaso, quando o casal foi solicitado que fizesse empadas por um libanês que havia morado no Brasil em 2009, e não encontrava salgados do Brasil na terra dos cedros.

“Meu pai era chefe de cozinha, inclusive trabalhou nos grandes hotéis de renome do Líbano como o Hotel Phoenicia e outros, além de ter tido um restaurante e um hotel nas montanhas, e eu desde pequeno ajudava meu pai na cozinha, mas comida brasileira ainda não havia me arriscado, apesar de sempre gostar de cozinhar, então, eu e Eni procuramos receitas de empadas com os parentes brasileiros, fizemos nós mesmos. Os amigos elogiaram e alguns já encomendaram para ter em casa. Foi assim que tivemos a ideia de criar um delivery de salgadinhos”, afirma.

Mesmo sem ter o negócio estruturado e um plano de negócios, o empreendedor, que estudou Engenharia Civil e Eni, Comércio Exterior, criou uma página de divulgação no Facebook e contou com o boca a boca dos amigos. O foco inicial era a comunidade de brasileiros no Líbano, que corresponde a boa parte dos clientes, mas a empresa atende também aos libaneses.

IMG_2148

 

Não há dados oficiais sobre o número de brasileiros no Líbano, mas, segundo estimativas pelo menos 10 mil vivem no Líbano, sendo a maioria no Vale do Bekaa.

Em pouco tempo, o serviço ficou conhecido e vieram o Centro Cultural do Brasil no Líbano, e a Cozinha Dona da Casa virou notícia e os diplomatas e embaixadores logo pegaram o gosto pela comida caseira realizada pelo casal, e logo vieram os pedidos de coquetéis. “A intenção não era vender tanto, não tínhamos estrutura para atender todos os pedidos. Tivemos que investir em freezer para armazenamento. Com o aumento da demanda, Michel foi ao Brasil realizar workshops de salgados e culinária brasileira, e voltou ainda com a ideia de trazer produtos brasileiros, e assim a empresa cresceu e ele já é conhecido por realizar entregas porta a porta dos produtos que fazem a alegria dos brasileiros, que vivem no Líbano, em plena Ásia, mas que possuem o serviço delivery de salgados e produtos de uma maneira muito confortável e prática.

 

IMG_2126

 

Com o aumento da demanda, a empresa precisou de mais ajuda e os 5 filhos do casal, começaram a trabalhar e cada um na família tem sua função, se ajudam mutuamente, tendo o senso do trabalho em equipe. Eni conta que os filhos são fundamentais na entrega de grandes encomendas, que já viraram noites trabalhando, mas os filhos não fogem à responsabilidade de contribuir com o trabalho dos pais e o ganha pão da família, apesar de estudarem e serem bons alunos, todos estudando inglês, francês e árabe em escolas libanesas. Eni conta ainda que o orçamento familiar é curto, mas que não se arrepende de ter mudado para o Líbano, país que ela adotou e que se sente feliz e segura apesar da incerteza política, mas que a cativou muito, principalmente pela recepção da família de seu marido e das belezas naturais, quando aqui ela chegou em 1994, e desde então ela não pensa deixar o Líbano. Os 5 filhos do casal: Isaque, Kanaan, Marina, Jad e Lea são o alicerce dessa linda família, que vem contribuindo muito para a comunidade brasileira no Líbano a não sentir nostalgia daquela goiabada, ou do sagu, farofa, feijão carioca, arroz Tio João, tapioca, do nosso guaraná Antártica, linguiça calabresa, carne de sol, e da nossa tão brasileira caipirinha feita com o melhor aguardente.

Tudo podendo ser adquirido em sua casa. Bastando ligar para a Cozinha Dona da Casa, que aceita pequenas e grandes encomendas, mas sempre com um sorriso no rosto para atender seus clientes.

Maiores informações para encomendas:

01-585 078 ou 03-912 254

e-mails:michelhattouni@hotmail.com e cozinhadonadacasa@ymail.com.

No Facebook, a página da empresa é Cozinha Dona da Casa.

Por Viviane Carvalho

IMG_2119

This post is also available in: enEnglish (Inglês)