O deputado Goulart do PSD/SP foi convidado pelo Ministro das Relações Exteriores do Líbano e dos Emigrantes do Líbano, Ministro Gebran Bassil, para participar da conferência denominada “Energia da Diáspora Libanesa 2016″ (LDE 2016).

A Conferência foi realizada, nos dias 05 a 07 de maio de 2016, no Hotel Hilton Grand Habtoor em Beirute, com o objetivo de fortalecer os laços entre os emigrantes libaneses e os seus descendentes no exterior, visando estabelecer um vínculo de comunicação e conhecer as suas realizações e sucessos pelo mundo.

Deputado Goulart concedeu entrevista à Connection Beirut, em sua primeira visita ao Líbano, e nos contou que apesar de muitos conhecidos terem discordado de sua atitude de vir ao Oriente Médio, sugerindo evitar viagem ao país do Cedros, tendo em vista que era uma zona perigosa e que o país encontrava-se em guerra, ele aceitou o convite e disse estar surpreso com o Líbano, um país com um comércio forte e intenso, demonstrando a força do povo libanês que luta e acredita na superação de sua nação.

Dep. Goulart afirmou que vem desenvolvendo um belo trabalho junto à comunidade libanesa de São Paulo e ficou impressionado com a alegria e a hospitalidade do povo libanês, enxergando similaridade entre as duas nações fraternas.

Ele ficou hospedado no Bekaa, na cidade de Bire e pode conhecer os vilarejos libaneses onde residem a maioria dos emigrantes que se dirigiram ao Brasil na Diáspora libanesa brasileira, e agora muitos retornam ao Líbano para investir na terra de seus ancestrais ou aprender um pouco mais sobre sua cultura, e no Bekaa, nosso parlamentar pode sentir o que é viver sem violência, onde as pessoas dormem com suas portas abertas e andam tranquilas pelas ruas.

IMG_0647

Emb.Jorge Kadri, Cônsul Siham Harati, Dep. Goulart e Issam Sidom em almoço em homenagem ao parlamentar em Anjar

Ele imaginava que o Líbano fosse bonito, e que apesar de conhecer diversas outras nações nunca havia testemunhado tamanho calor humano. E quando menciona o evento da Diáspora Libanesa (LED2016), Deputado Goulart se impressionou com sua magnitude e grandiosiodade, uma vez que tal conferência contou com a participação de 83 países e um total de 1500 participantes. Dessa forma, o parlamentar acredita que poderá representar ainda mais o povo libanês no Brasil.

A comunidade libanesa de Santo Amaro em São Paulo é constituída em sua grande maioria por libaneses advindos do Vale do Bekaa. E essa comunidade tem recebido destaque no trabalho do deputado Goulart, que é um parlamentar que luta por todos os libaneses, respeitando seu credo. Um exemplo de tal dedicação de Goulart é o trabalho intenso do caro deputado pela mesquita de Santo Amaro. O parlamentar acompanhou todo o processo da canalização do córrego que passava no terreno da mesquita e lutou junta à prefeitura para evitar a divisão do terreno da entidade. O resultado de tal projeto foi o retorno para a comunidade de um espaço único com projeto paisagístico e urbanístico, respeitando assim a natureza assim como toda a comunidade, que foi beneficiada com uma fonte e um jardim esplendoroso no local.

Outro importante projeto, que teve apoio e luta do Deputado Goulart junto à comunidade muçulmana paulista, foi seu intenso empenho na aprovação do novo cemitério muçulmano em Itapecerica da Serra, uma vez que o cemitério da comunidade muçulmana em Guarulhos já encontra-se praticamente com sua capacidade esgotada.

Demonstrando assim, que o parlamentar tornou-se referência política para a comunidade libanesa em São Paulo.

E com sua vinda ao Líbano, o deputado pode contemplar esse belo país, com a finalidade de trazer ainda mais apreço pela amizade entre povos fraternos, trazendo ainda mais amor e apreço, pela luta de um povo que sabe o que é sofrer em guerra e se reerguer também. Ele ficou surpreso ao reencontrar diversos amigos que possuem comércio no Líbano, os quais não os via há um bom tempo.

Quando o parlamentar é questionado pelos projetos futuros, ele não esconde o orgulho pela escolha do filho Rodrigo Goulart, que seguindo o caminho de seu pai, irá candidatar-se nas próximas eleições a Vereador da Capital São Paulo, apesar do deputado afirmar que não preparou seu filho para a política, mas Rodrigo acompanhou toda a trajetória de trabalho de seu pai e agora se prepara para seguir seus passos.

 

E quando questionado sobre o quadro político brasileiro atual, o Deputado Goulart lembra que foi filiado ao PMDB por mais de 35 anos, e trabalhou juntamente com o então Dep. Michel Temer, atual presidente do Brasil, o qual ele afirma ter uma excelente relação cordial e respeitosa, e acredita que com certeza nosso presidente atual Michel Temer irá fazer um bom governo, tendo em vista que ele advém de uma família de libaneses, pai e mãe originários do Líbano, tendo seus outros irmãos nascidos aqui no Líbano, precisamente em Btaaboura, terra natal dos pais do nosso presidente Michel Temer. O parlamentar depois de sua estada em solo fenício presenciou a força do povo libanês, e tem ainda mais convicção que Michel Temer como um bom libanês, saberá ajudar a reconstruir o Brasil, que infelizmente encontra-se quebrado economicamente e em crise política, contudo a nação brasileira poderá renascer das cinzas como o povo libanês já reconstruiu seu território.

 

IMG_1379

 

Ele acredita que o governo atual terá credibilidade, uma vez que Temer já foi presidente da Câmara dos Deputados por 3 vezes, tem um grande apoio político no Congresso Nacional e assim ele trará os investidores de volta ao país, diminuindo a alta inadimplência econômica, e dando assim um novo incentivo à indústria e no varejo, dando um maior equilíbrio para o Brasil progredir e crescer novamente.

Deputado Goulart afirmou que volta ao Brasil trazendo ainda mais consideração e respeito pelo Líbano, e que ele presenciou o espírito de luta dessa nação e justificou que durante toda a conferência, ele pode compreender ainda mais a razão de se ouvir tantas histórias de sucesso da comunidade libanesa no Brasil e pelo mundo, uma vez que o povo libanês é guerreiro e tem um objetivo maior na vitória.

 

Por Viviane Carvalho

 

This post is also available in: enEnglish (Inglês)