Dona Gilda Cozinha Brasil, como é conhecida no Líbano, vem divulgando a cultura brasileira através das receitas que são a alma do Brasil, entre elas o empadão mineiro, coxinha de galinha, pão de queijo, risole, bolinha de queijo, torta de camarão, acarajé, vatapá, moqueca, camarão na moranga e claro o tradicional beijinho, brigadeiro e olho de sogra. Dona Gilda nos conta que a preferência da clientela é o empadão de palmito e camarão. Acredito que já está dando água na boca!!!

IMG_0883

Essa mineira originária da pequena cidade de Ponte Nova, chegou ao Oriente Médio em 1992, trazendo muita esperança e seus livros de receita, que ela traz consigo como relíquias e claro como uma boa quituteira, ela não revela seus segredos para todos.

Dona Gilda também passeia por receitas de outras partes do mundo. Ela prepara um rocambole de batata para deixar saudades. E não vamos esquecer das sobremesas, o famoso quindão, pavê de abacaxi, brownie e assim por diante.

Essa simpática brasileira tem conquistado o estômago dos libaneses, os quais aprenderam com as brasileiras o gosto pela culinária tradicional, e com a famosa propaganda boca a boca, sua clientela só vem aumentando.

IMG_0895

Dona Gilda preparando o famoso acarajé baiano

Ela conta para a Connection Beirut que adora viver no Líbano, onde se sente muito bem, e tem apreço muito grande pelas pessoas. Ela vem trabalhando há 17 anos em solo libanês e já serviu inclusive embaixadores e diplomatas, assim como forneceu diversos coquetéis junto ao Centro Cultural do Brasil, assim como já prestou serviço a hotéis e ministrou cursos de culinária da Cozinha Brasileira.

Essa mulher talentosa e guerreira é mãe de 2 filhos, e avó de 3 netos e a cada 2 anos vai ao Brasil matar a saudade de sua pátria amada. Dona Gilda é casada com um egípcio, e construiu seu lar junto a famosa Raouche, pedra cartão postal do Líbano. Ela e o marido venceram a barreira da língua, já que Dona Gilda não fala árabe e seu marido tampouco português, contudo ela nos relembra, que a linguagem do amor é universal e tem vivido há 17 anos muito bem com seu parceiro diário.

Quando perguntada sobre qual seria sua mensagem para as outras brasileiras que aqui se encontram, ela dá seu recado: “O bem mais precioso para um ser humano é a honestidade, ajudar ao próximo, e se esforçar e trabalhar junto a sua comunidade, e ser uma pessoa confiável. E se caso escolheu o Líbano para morar, esse lindo país, escolha ser feliz onde estiver morando, focando sua alegria no local de moradia”.

Uma brasileira destemida, feliz, que não se arrepende da troca de país, apesar de já ter vivenciado os últimos conflitos, sem jamais ter abandonado o Líbano para fugir da Guerra. Ela contribuiu com o Consulado Brasileiro, realizando a entrega de documentos para as pessoas que estavam deixando o país, e enfrentou com muita coragem a falta de luz, restrição de alimentação assim como o bombardeamento de Beirute, mas não se arrepende de ter se mudado para a terra dos fenícios e escolhido o Líbano como seu país para sua moradia e aposentadoria.

“ Vivo no Líbano me sentindo segura, não tenho medo de sair nas ruas e me encanto com todos os produtos raros que tenho acesso, que no Brasil seria somente para os ricaços, e tenho encontrado praticamente todos os ingredientes que necessito para a confecção dos meus pratos”.

IMG_0901

Dona Gilda como uma boa mineira degustando o famoso ” Romeu e Julieta”

Então, está com saudade da culinária brasileira? Experimente os quitutes de Dona Gilda, pois sua comida tem sabor de infância, são receitas do cotidiano, que povoam nossa memória, com aquele sabor do trivial caprichado. Vale a pena provar!

Por Viviane Carvalho

Gilda Cozinha Brasil:

Contato: 03466814/ 01801064

This post is also available in: enEnglish (Inglês)