O Centro Cultural do Brasil no Líbano, que foi inaugurado em 2011, pelo Vice-Presidente Michel Temer,  integra o Setor Cultural da Embaixada do Brasil em Beirute.

O centro tem como principal vocação, o ensino da língua portuguesa, na vertente brasileira, com uma abordagem cultural. Para isso, desenvolve diversas atividades buscando disseminar a cultura brasileira. E para contar como isso ocorre atualmente, bem como, falar sobre os novos projetos, convidamos a sua diretora, Najua Bazzi, que está a frente do BrasiLiban desde janeiro de 2015.

IMG_1028Ela é brasileira de origem libanesa, uma mulher forte e determinada a contribuir com suas origens e feliz em poder transitar bem entre as duas comunidades, fazendo com que o libanês sinta-se à vontade em nossa casa Cultural. Najua nos conta sobre esse importante espaço, que visa a reforçar o relacionamento entre essas duas nações que possuem relação fraternal e histórica, ajudando assim a difundir as duas culturas.

 

C.B.1) Qual é o objetivo do Centro Cultural Brasil-Líbano?

O centro possui como principal vocação o ensino e difusão da língua portuguesa na vertente brasileira, e a disseminação da cultura nacional. Nossa forma de ensino é que nos faz diferentes. Com uma abordagem cultural, o aluno vai ter a oportunidade de conhecer um pouco do Brasil e suas tradições, de seu folclore, sua gastronomia, sua geografia, sua história.

No último ano, obtivemos um aumento significativo no número de alunos, totalizando 530 alunos.

A procura pela aprendizagem da língua é muito grande. Nossos alunos buscam em sua maioria o ensino de português, tendo em vista seus vínculos emocionais-familiares, negócios, assim como alunos que perseguem a especialização profissional, principalmente na área médica, em especial a cirurgia plástica. Não se pode deixar de mencionar a questão da diminuição da evasão, consequência das atividades paralelas ao curso de português, que o centro vem oferecendo a seus alunos, ofertando uma abordagem dinâmica e interessante do ensino da língua.

IMG_1032C.B.2) Quanto tempo dura o curso de português para estrangeiros?

O curso de português é estruturado seguindo o modelo comum europeu em 12 níveis, sendo que cada nível tem duração de 44 horas. Se o aluno tiver disponibilidade e empenho poderá concluir o curso em 2 anos e meio.

C.B.3)Quais são as novos projetos do BrasiLiban?

A grande novidade do Centro Cultural foi a certificação para a aplicação do teste de proficiência em português, o chamado Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras), que é outorgado pelo Ministério da Educação e tem apoio do Ministério das Relações Exteriores.

Esse importante teste é aceito em instituições de ensino como comprovação de proficiência na língua portuguesa e, no Brasil, é exigido pelas universidades para que os alunos ingressem nos cursos de graduação, assim como nos cursos de pós-graduação. O teste oficial é realizado duas vezes por ano, um em abril e o outro em outubro. Nosso centro já vem oferecendo desde outubro passado, um curso preparatório, para a familiarização do aluno com o formato da prova oficial. O curso preparatório é dividido em 2 módulos, de dois meses e meio cada.

C.B.4) Sabemos que o Centro Cultural BrasiLiban fica localizado em Beirute no bairro de Asharafieh. Nos conte sobre o projeto de descentralização do ensino de português em outras regiões do Líbano.

Temos conhecimento da demanda reprimida no Líbano, e pretendemos aumentar o raio de ação do ensino da língua portuguesa. Estamos iniciando a expansão dos locais do estudo da língua portuguesa. Iniciamos no último dia 13, o curso de português no norte do Líbano, na municipalidade de Zouk Mikael, no Centro da Juventude e Cultura, e temos a intenção de expandir para outras localidades.

C.B.5) Quais são as demais atividades do BrasiLiban ?

Como atividades pontuais, que já integram o nosso calendário anual, nosso Centro disponibiliza, além das aulas de português, aulas de dança, ritmo oriental e Zouk brasileiro. E claro, como não poderia faltar, a capoeira. Para isso, providenciamos a instalação de espelhos no local onde as aulas acontecem, aparelhagem de som e colchonetes. Em datas folclóricas e cívicas do Brasil, buscamos promover eventos em comemoração a esses dias, a exemplo da festa junina, saraus de poesia e música. Não podemos deixar de mencionar nossas crianças. Para elas, além do ensino do português como língua de herança, temos um curso voltado aos pequenos que querem aprender nosso idioma, como língua estrangeira. Muitas atividades também são realizadas para o nosso público infantil.

Disponibilizamos também, através de nosso cineclube, filmes nacionais legendados, que são exibidos duas vezes ao mês.

A nossa biblioteca Machado de Assis, que foi oficialmente inaugurada em setembro de 2015, pelo Ministro das Relações Exteriores Embaixador Mauro Vieira, conta atualmente com cerca de 6500 títulos, sendo que mais de 4.000 foram doados na mesma ocasião, por Bianca Sallum, filha do falecido diplomata brasileiro, Fernando Sallum, que recebeu em sua homenagem a denominação do espaço, onde estão abrigados os livros doados.

Dentro das atividades culturais para a comunidade brasileira libanesa, a grande expectativa é o Carnaval, atividade cultural muito popular do Brasil. Nosso carnaval no último ano foi um sucesso absoluto apesar do frio. Realizamos concurso de fantasias e baile de máscaras. Aproveitamos para convidar toda comunidade brasileira e libanesa, para que coloquem suas máscaras e fantasias para nosso próximo carnaval, que será realizado no dia 19/02, sexta-feira, às 19:30hs. Teremos ainda o samba com as passistas do Grupo Passos Alegres, assim como percussão ao vivo. Não percam!!!!

 

Por Viviane Carvalho

 

 

 

Maiores informações

www.facebook.com/BrasiLiban;

Tel: +961 (1) 32 29 05 / 6 / 7 Fax: +961 (1) 32 29 08

P.O.Box 16-6281 Achrafieh

This post is also available in: enEnglish (Inglês)