Tout Tout a Beirut

Durante o verão existe uma oferta excepcional de festivais no Líbano.  Quase todas as semanas tem possibilidade de desfrutar de uma multiplicidade de ofertas culturais que permitem apreciar as artes e acima de tudo divertir-se. Por um lado, existem os Festivais icônicos como o Festival Internacional de Baalbek que este ano celebra 60 anos, o Festival de Arte de Beiteddine que cumpre 30 ou o Festival Internacional de Byblos. Estes festivais contam com a presença de grandes estrelas nacionais e internacionais, o que determina o preço dos bilhetes, os quais podem caros. Em geral, a audiência destes festivais é limitada à camada social com poder de aquisição elevado. Por outro lado, existe uma variedade de eventos gratuitos, acessíveis a todos em determinadas localidades e que junta artistas, organizações, negócios e visitantes em torno de um festival.

 

Que festivais interessantes pode explorar? Qual é o seu impacto na vitalidade urbana comunitária? Existem festivais que contribuem para uma mudança social?

 

Existem iniciativas interessantes! Alguns bairros estão a trabalhar de forma coletiva,  intercambiam ideias de formas criativas e através do apoio de patrocínios estão a oferecer eventos gratuitos para a população. Festivais de rua ocorrem em Achrafieh, Rmeil, Mar Mikhayel, Gemmayzé, Monot, Abdel Wahab Sodeco, Armenia Street, Badaro entre outros. Um exemplo de festival de rua que oferece várias diversões para todas as idades incluindo uma série de espetáculos para adultos e crianças, arte, barracas de trabalhos manuais é o Festival “Hamra tem talento”. Para além da habitual montagem de rua com barracas e atrações, também teve um espetáculo de talentos e desfile de moda o qual providenciou um espaço para jovens artistas exporem o seu trabalho.

 

Outro exemplo é o Festival “TOUT TOUT A BEIRUT” que homenageou as legendas libanesas, teve espaços para exposições, workshops com artistas que trabalharam ao vivo e espetáculos. Estes eventos foram organizados pela organização Ahla Fawda (em árabe significa caos de alegria)  a qual é gerida por voluntários que decidiram ser proativos no sentido de melhorar a sua comunidade e bairro. O seu ativismo deve ser reconhecido pois através dos seus esforços asseguraram um espaço para um jardim na Rua  Alfred Nobel Street  o qual é acessível a todos. Isto é a prova que cidadaos organizados conseguem fazer com as coisas aconteçam!

 

Também existem iniciativas direcionadas a objetivos específicos como o ambiente. Organizações como Achrafieh2020 têm uma visão a largo prazo acerca do seu bairro no sentido de ser “verde”, limpo e desfrutado por todos. O seu projeto não só inclui a organização de vários festivais de rua com muita animação mas também projetos mais ambiciosos como a criação de uma cultura da reciclagem ou a plantação de arvores nos terraços de escolas públicas e privadas, entre outros.

 

Uma iniciativa verde que vale a pena mencionar é o Green Festival (Festival Verde) que decorreu durante três dias no mês de Junho em Beirute. Ofereceu produtos e serviços verdes, um espaço onde foram desenvolvidas uma série de atividades que respeitam o meio ambiente entre elas jogos verdes, desfiles e desportos. Beneficiou de yoga ao ar livre, mercado verde, canto dos Designers, música entre outros.

 

Um resultado tangível foi a criação do Guia dos Festivais Verdes e a mobilização de 170 voluntários majoritariamente de escolas que estiveram envolvidos no planejamento e gestão do evento. CB entrevistou Nader Nakib, Diretor da Associação G e organizador do evento o qual acredita que “ com a devida motivação os voluntários podem fazer milagres”. Ele acrescentou, “ O fato de ter o Festival Verde no centro da cidade de Beirute tornou o mesmo acessível a todas as pessoas”. Que gênero de desafios são encontrados ao realizar eventos que juntam pessoas das diferentes comunidades em torno de projetos comuns como o Festival Verde? Nabik explica, “Tentar fazer com que os Libaneses concordem acerca de algo é difícil. Nós estamos a tentar através do Festival Verde fazer com que concordem em fazer algo positivo para o ambiente e nesse sentido o Festival foi uma porta de entrada. Nós vamos continuar este processo de forma a criar uma cultura de respeito pelo ambiente ao nível nacional”. A organização tem planos de celebrar este evento todos os anos mas para tal terá de assegurar patrocínios de empresas que queiram estar aliadas à causa ambiental.

 

IMG_0012 (1)

Crédito Adam Jayme

O espírito de sobrevivência libanês é bastante visível neste tipo de iniciativas e eventos que são impulsionados por indivíduos e organizações que com o seu esforço captam fundos e fazem com que as coisas aconteçam. Estes festivais proporcionam um espaço para a criatividade e encorajam a arte e a cultura que fica ao alcance de todos. A sua presença nas mesmas ou o seu apoio financeiro às mesmas contribui para a sua continuação a qual enriquece a vida de todos.

 

Por Patrícia Oliveira
11159944_1069138273100922_1475048466293312869_n

This post is also available in: enEnglish (Inglês)